Apresentação

Apresentação

domingo, 11 de março de 2012

Pai...

"Não façais da casa do meu Pai uma casa de comércio!" (Jo2,16); "Seus discípulos lembraram-se, mais tarede, que a escritura diz: 'O zelo por Tua casa me consumirá" (Jo 2,17).

Pai, papaizinho, "Abbà é a palavra chave do Evangelho, um termo aramaico (a língua materna de Jesus) que também os cristãos de língua grega repetem. Paulo afirma que o Espírito reza em nós gritando: “Abbà-Pai” (Gal 4,6). Esta é uma das pouquísimas palavras que sabemos pronunciada assim, com este som, pelo próprio Jesus. Uma dita no horto da agonia, no momento da escolha decisiva: chegar a chamar Deus como Pai no momento no qual a perspectiva é aquela de uma morte infame e dolorosa, significa aceitar de permanecer fiel a Deus, custe o que custar. Significa a confiança de que além das portas da morte a vida não afundará no nada, mas nos braços de um amor. O Pai Nosso é compreendido somente nesta situação de choque existencial" (in Ermes Ronchi, Il Canto del Pane). A ação de Jesus no templo, também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmãos em Cristo, Paz e Bem.
Seu comentário é muito importante para nós...
Muito obrigado pela sua contribuição.
Que Deus lhe abençoe hoje e sempre!
Paróquia Rede de Comunidades São José