Apresentação

Apresentação

terça-feira, 5 de março de 2013

A Comunidade (II): espaço de perdão

Mateus 18, 21-35

3ª feira da Terceira semana da Quaresma


O mesmo fará com vocês o Pai do céu,
se não perdoardes de coração cada ao vosso irmão
[1].

Se a comunidade que se coloca em atitude de conversão re-capacita, como o vimos ontem, que sua missão é buscar e acolher a todos, sem exclusivismos nem discriminações, hoje vemos como ela é chamada a converter-se em espaço de perdão entre seus membros. Esta é a forma mais completa da acolhida.

Jesus convida a “perdoar de coração ao irmão” (Mt18,35). Isto é, generosamente, sem recriminações, a profunda e definitivamente.

Normalmente nem sempre é assim, pois o que ocorre muitas vezes é pagar o mal com o mal. Na sociedade, o ódio faz parte das relações sociais, no mesmo nível que a estima e o amor. Perdoar ao outro as dívidas é coisa rara. Quando se odeia a alguém, o que se quer é que sofra e até que desapareça para sempre. Isto é desumano e é incompatível com a proposta de Jesus.

A parábola do devedor insolvente, parte da pergunta sobre até quando se deve ter paciência no dar perdão (ver Mt18,21). A resposta é: Sempre! Não existem limites para o perdão.

No centro da parábola tem-se uma ilustração disto. Na prática é um comentário da mensagem do sermão da montanha: “Se não perdoais aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas” (Mt 7,15).

Convidamos a ler cuidadosamente a parábola, observando os passos que dá cada um dos personagens e como se chega à lição final sobre o “perdão de coração”.

Para cultivar a semente da Palavra na vida:

1. Existe, em minha família, comunidade, local de estudo ou de trabalho situações que requerem o perdão? Quais?
2. Perdi a paciência com alguma pessoa?
3. O que me pede Jesus e como vou fazê-lo?


[1]Autor P. Fidel Oñoro, cjm, (http://www.iglesia.cl/especiales/cuaresma2013/orar2.html), tradução livre de Frei João Carlos Karling,ofm, para o site da Paróquia Rede de Comunidades São José, Gravataí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmãos em Cristo, Paz e Bem.
Seu comentário é muito importante para nós...
Muito obrigado pela sua contribuição.
Que Deus lhe abençoe hoje e sempre!
Paróquia Rede de Comunidades São José