Apresentação

Apresentação

sábado, 16 de março de 2013

Caminho até a Páscoa (V): As origens humildes de Jesus e a Cruz

Sáb. Quarta semana da Quaresma

João 7, 40-53

“Porventura o Messias virá da Galileia?”

Os adversários de Jesus problematizam sua origem: “Porventura o Messias virá da Galileia?” (7,41), “Também tu és Galileu, porventura? Vai estudar e verás que da Galileia não surge profeta” (v.52). Entre estas duas perguntas o texto de hoje se desenrola.
O problema já havia sido colocado no começo do evangelho: “De Nazaré, pode sair algo de bom?” (1,46).  Trata-se de um povo numa região abandonada e, portanto não é região de grandes linhagens: “Não diz a Escritura que o Messias será da descendência de Davi e virá de Belém, povoado de onde era Davi?” (7,42).

Sem dúvida, a credencial que Jesus quer apresentar é uma palavra. Aqueles que crêem respondem nestes termos: “Ninguém jamais falou como este homem” (7,46).

A pequenez de Jesus fará dele uma pessoa vulnerável. O caminho da paixão que se abre passa pelo escândalo da imensa sensibilidade de Jesus que não se apóia em nenhum motivo de orgulho humano, senão em sua relação com o Pai. As bofetadas da Paixão sentem-se nos insultos que lhe dirigem por sua humildade.

Sem dúvida haverá que se ir até o final, quando o crucificado será exaltado, para compreender que Jesus faz um caminho progressivo, começando pelo mais baixo. Este é o caminho da salvação.

Ao final do debate se escuta uma intervenção de defesa por parte de Nicodemos. Pede que se “ouça” a Jesus para poder fazer as devidas apreciações (7,51).  A Paixão será a Palavra definitiva daquele que por natureza é o “Verbo”.

Para cultivar la semilla de la Palabra en la vida:

1. Por que a origem de Jesus escandaliza?

2. Os que creram em Jesus, no que se fixaram?

3. O que propõe finalmente Nicodemos? O que isto implica para nós?


[1]Autor P. Fidel Oñoro, cjm, (http://www.iglesia.cl/especiales/cuaresma2013/orar2.html), tradução livre de Frei João Carlos Karling,ofm, para o site da Paróquia Rede de Comunidades São José, Gravataí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmãos em Cristo, Paz e Bem.
Seu comentário é muito importante para nós...
Muito obrigado pela sua contribuição.
Que Deus lhe abençoe hoje e sempre!
Paróquia Rede de Comunidades São José