Apresentação

Apresentação

terça-feira, 20 de setembro de 2016

ÁMORIS LAETITIA

Excepcionalmente hoje estamos publicando o texto de Amoris Laetitia. A primeira parte procura aprofundar o texto da carta de São Paulo aos Coríntios - capítulo 13 dos versículos 4 ao 7. Diz o Papa:
"A paciência é uma qualidade do Deus da Aliança, que convida a imitá-Lo também na vida familiar. (...) A paciência de Deus é exercício da misericórdia de Deus para com o pecado e manifesta o verdadeiro poder." (91);
"Se não cultivarmos a paciência, sempre acharemos desculpas para responder com ira, acabando por nos tornarmos pessoas que não sabem conviver (...) e família tornar-se-á campo de batalha. (92);
"Paulo pretende esclarecer que a ´paciência´ (...) não é uma postura passiva, mas há de ser acompanhada por uma atividade, uma reação dinâmica e criativa perante os outros. (93);
"Paulo pretende insistir que o amor não é apenas um sentimento, mas deve ser entendido no sentido que o verbo ´amar´ tem em hebraico: ´fazer o bem´. (94);
"O verdadeiro amor aprecia os sucessos alheios, não se sente como uma ameaça, libertando-se do sabor amargo da inveja. (95);
"O amor leva-nos a uma apreciação sincera de cada ser humano, reconhecendo o seu direito à felicidade". (96);
"Quem ama ´não só evita falar muito de si mesmo, mas, porque está centrado nos outros, sabe manter-se no seu lugar sem pretender estar no centro". (97);
"Na vida familiar não pode reinar a lógica do domínio de uns sobre os outros, nem a competição para ver quem é mais inteligente ou poderoso, porque esta lógica acaba com o amor". (98);
"Amar é também tornar-se amável, (...) pois todo o ser humano está obrigado a ser afável com aqueles que o rodeiam". (99);
"Na família, é preciso aprender esta linguagem amável de Jesus". (100);

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmãos em Cristo, Paz e Bem.
Seu comentário é muito importante para nós...
Muito obrigado pela sua contribuição.
Que Deus lhe abençoe hoje e sempre!
Paróquia Rede de Comunidades São José